Feliz 2017!

Hello revolucionários, penúltimo dia do ano ein, mas que ano foi esse? Passaram bem o natal? 

Hoje é o último texto desse ano, aaaaaah mas calma, semana que vem estamos de volta! 

Mesmo planejando, mesmo tendo metas traçadas, nem sempre conseguimos conquistar todas elas. Sim você vai querer desistir. Sim você vai querer jogar tudo pra cima, vai querer viver sem meta alguma. Mas tende bom ânimo, no final tudo dá certo! Me conta ai como está seu planejamento para o ano que vem? Já tem seus alvos e objetivos definidos?

Quero te encorajar a olhar pra o que aconteceu esse ano, pra tudo que tu fez, tudo o que deixou de fazer. Faltou planejamento? Ou você colocou alvos demais e acabou não cumprindo todos? Eu particularmente não cumpri todos, "mas como não, como você vem aqui falar de planejamento se não cumpriu os seus objetivos" - sei que podem pensar isso - mas muito aconteceu, e eu tive que mudar alguns dos meus alvos.Quero te encorajar a olhar pra o que aconteceu esse ano, pra tudo que tu fez, tudo o que deixou de fazer.

Nesses últimos dias estou começando a fazer isso que falei, tenho revisto meus alvos e tenho tentado aprender com eles, tentando entender o que preciso melhorar para o próximo ano. Mas algo posso afirmar de que hoje sou muito melhor do que à um ano atrás.

Agora quero te encorajar, planeje, anote em uma folha seus alvos (no blog do meu amigo/lider Diego Couto tem lá um tipo de molde pra esses alvos, e de quebra tem um texto massa pra te ajudar mais um pouco a escrever seus alvos, passa lá 😉.. acesse o texto clicando aqui ), e deixe ele em um lugar a mostra, para que você possa ver o que já fez e ainda se lembrar do que ainda não concluiu. É muito importante pra nós seres humanos esse tipo de planejamento.

"Saiba que mais importa o caminho que você percorreu do que a quantidade de checks que você fez na lista."

- Wesley Simões, autor do texto.